Variáveis predefinidas

As informações nesta página de ajuda são aplicáveis tanto ao CXone Studio quanto ao Desktop Studio.

As variáveis ​​predefinidas são variáveis ​​do sistema que já estão definidas. Você pode usá-las nos seus scripts sem ter que criá-las. É possível sobrepor o valor esperado para variáveis predefinidas, mas isso não é recomendado. Apenas os substitua se a ajuda online ou um Representante de Contas do CXone o instrua a fazê-lo.

Variáveis predefinidas são adicionadas automaticamente ao script. Algumas vêm de scripts do sistema que são executados nos bastidores antes que uma interação seja roteada para seus scripts. Essas também são chamadas de variáveis do sistema. Outras variáveis predefinidas vêm das ações que você adiciona aos seus scripts. Você pode usar a ferramenta de rastreamento para visualizar as variáveis em um script. Conforme você clica em cada ação na saída de rastreamento, a guia Variáveis ​​mostra as ações no script nesse ponto.

Visualizar todas as variáveis predefinidas em um script

É possível ver as variáveis em um script usando a ferramenta de rastreamento. Caso rastreie um script durante uma interação, poderá ver as variáveis passadas a ele. Essas variáveis vêm dos scripts do sistema e de outras fontes, como um fornecedor de serviços de telefonia. É possível rastrear um script com uma interação simulada, mas você só poderá ver as variáveis passadas a ele provenientes de scripts de sistema. Esta seção descreve o rastreamento de um script de telefone de entrada simulado. Você também pode ver as variáveis predefinidas em um script ao executar um rastreamento em outras interações.

  1. No Studio, abra um script.
  2. Clique em um espaço em branco na tela do script e em seguida clique na guia Properties.
  3. Clique em Inbound para expandi-lo e complete as seguintes propriedades:

    • PhoneNumber: Insira o número de um telefone ao qual tenha acesso.
    • SimulateInbound: Selecione True.
    • SimulationANI: Insira o mesmo número usado na propriedade PhoneNumber.
    • SimulationDNIS: Insira outro número de telefone. Ele não precisa ser um número de telefone real.
  4. Na caixa de ferramentas Studio, clique em Start with Trace.
  5. Quando o seu telefone tocar, atenda-o. Você pode seguir os prompts caso queira ver as variáveis adicionadas por ações mais à frente no script. Caso queira ver as variáveis do sistema passadas ao script, desligue a chamada.
  6. Na janela Saída de rastreamento, clique na ação Begin. A guia Variables mostra todas as variáveis passadas ao script a partir de scripts do sistema.

  7. Clique duas vezes em uma variável para ver o nome da variável e seu valor. Isso é útil para variáveis com valores longos que não cabem na coluna Value.

    Caso queira ver mais variáveis adicionadas ao script à medida que a interação avança, clique em outras ações na seção principal da janela Trace Output .

Variáveis predefinidas comuns

A tabela a seguir contém algumas das variáveis predefinidas mais comuns. Nem todo script conterá todas as variáveis da lista. As variáveis predefinidas que estão disponíveis em um script dependem do tipo de mídia do script e das ações usadas nele. Além disso, algumas variáveis são provenientes do provedor de serviços. Essas variáveis podem variar dependendo do provedor.

Antes de usar qualquer uma das variáveis nesta seção, verifique se elas estão presentes no script no qual está trabalhando usando a ferramenta de rastreamento. Usar variáveis predefinidas em um script quando elas não são passadas ao script ou adicionadas por uma ação pode resultar em scripts que não funcionam como planejado.

Quando possível, verifique as variáveis no seu script usando uma interação em tempo real e não uma interação simulada. Interações simuladas podem conter variáveis que uma interação em tempo real não possui. Analogamente, uma interação em tempo real pode conter variáveis que uma simulação não possui.

Nome da variável Descrição
__agentContactID O ID da sessão para a sessão o aplicativo de agente
__agentId O ID do agente que atende uma interação. Esta variável não contém nenhum valor até que um agente atenda a interação.
ANI

O número de telefone do chamador no formato de numeração norte americano. Este é o formato padrão para números de telefone na América do Norte. A variável e164ANI contém o mesmo número, mas no formato internacional.

Este valor vem de uma operadora de telefone. Os valores possíveis incluem Restricted e Anonymous.

busno

O número da sua unidade de negóciosFechado Alto nível de agrupamento organizacional usado para gerenciar o suporte técnico, cobrança e configurações globais para o seu ambiente CXone. Este é o identificador exclusivo da sua empresa no CXone.

Se a sua organização tiver mais de uma unidade de negócios, você pode usar este valor para usar determinações lógicas no seu script. Por exemplo, é possível checar busno antes de atribuir uma competênciaFechado Usado para automatizar a entrega de interações com base nas competências, habilidades e conhecimento do agente. ACD para garantir que está atribuindo uma competência que existe na unidade de negócios.

contactId O identificador exclusivo para cada contato. O contactId torna possível encontrar e relatar um contato específico. Um novo contactId é criado se um script secundário for gerado.
city O nome da cidade de onde a chamada é originada.

Para interações de entrada, este valor vem do fornecedor de serviços do contato. Para interações de saída, este valor vem do seu fornecedor de serviços.

country

Nome do país designado pelo código do país (consulte o próximo item) na cadeia de número de telefone de uma chamada de entrada ou saída. A plataforma de telefonia CXone gera isso automaticamente com base nos valores da International Telecommunication Union (ITU) e passa nos metadadosFechado Dados que fornecem informações sobre outros dados. da chamada.

Para interações de entrada, este valor vem do fornecedor de serviços do contato. Para interações de saída, este valor vem do seu fornecedor de serviços.

countryCode

Código da International Telecommunications Union (ITU) que designa o país de origem para uma chamada de entrada ou o país de destino para uma chamada de saída. Esse código aparece no início de qualquer sequência de números de telefone e é passado nos metadados da chamada. Por exemplo, o código ITU para os Estados Unidos é +1. Para ver o código de qualquer país, faça uma pesquisa na Internet pelo código do país <país>. O formato deste pode variar dependendo da origem da chamada.

Para interações de entrada, este valor vem do fornecedor de serviços do contato. Para interações de saída, este valor vem do seu fornecedor de serviços.

DNIS O número que o chamador discou no formato de numeração norte americano. Este é o formato padrão para números de telefone na América do Norte. A variável e164DNIS contém o mesmo número, mas no formato internacional.

e164ANI

e164DNIS

O ANLFechado Também conhecido como identificador de chamadas. Número de telefone listado de uma chamada de voz recebida. e o DNISFechado Identifica o número que o contato discou para falar com você nas chamadas de voz de entrada e o número que o agente ou sistema discou nas chamadas de voz de saída. formatados de acordo com os padrões E.164 de formatação de telefonia. O E.164 é um padrão internacional para formatação de números de telefone de fora dos Estados Unidos.
from O endereço de e-mail do remetente.
isReskill Indica no ID de contato atual que mudou de competência. Os valores são 1 (true) ou 0 (false).
__lastStateChange A marcação de tempo da última vez que um contato mudou de estado. Por exemplo, quando um contato muda do estado Pré-fila para Na fila, esta variável é preenchida com a marcação de tempo de quando esta mudança ocorreu.
masterId

O identificador exclusivo que permite que todos os scripts originários do mesmo script principal sejam identificáveis. Ele é usado quando um script é gerado ou executado a partir de outro. Para o script principal, contactId e masterId serão os mesmos. Para qualquer script secundário, contactId será um novo valor exclusivo e masterId terá o mesmo valor que o script principal contactId.

Por exemplo, quando você muda a competência para uma interação, a interação alterada masterId é mesma que a contactId da interação original. Se a interação tiver a competência alterada pela segunda vez, a recém-alterada masterId da interação será a mesma que a contactId do script secundário.

__mediaServerName O nome do servidor de mídia. Esta variável é útil para a solução de problemas relacionados ao servidor quando estiver trabalhando com o suporte técnico da NICE CXone. Os problemas incluem coisas como latência remota ou problemas de telefonia.
__POC O ID exclusivo do ponto de contatoFechado O ponto de entrada que um contato de entrada usa para iniciar uma interação, como um número de telefone ou endereço de email.. Ele corresponde ao ID no aplicativo ACD CXone.
__SIPInvite Contém informação de cabeçalho para o contato. Se transferir uma chamada de uma unidade de negóciosFechado Alto nível de agrupamento organizacional usado para gerenciar o suporte técnico, cobrança e configurações globais para o seu ambiente CXone para outra, esta variável conterá informações sobre a chamada original. Por exemplo, você pode acessar o contactID da chamada a partir da original.
__Skill

O identificador exclusivo para uma determinada competênciaFechado Usado para automatizar a entrega de interações com base nas competências, habilidades e conhecimento do agente. ACD. A variável __Skill torna possível encontrar e relatar uma competência específica. Este valor pode mudar com a ação Reqagent.

_SkillName O nome da competência ACD. Ela acompanha __Skill e pode mudar com a ação Reqagent.

state O estado nos Estados Unidos onde o chamador mora. Este valor vem do fornecedor de serviços do contato.
test Não tente definir esta variável fora de uma ação Snippet (página da ajuda no CXone Studio: ação). Isso pode resultar em consequências graves. Isso é reservado para depuração de código em uma ação Snippet.
to O endereço de e-mail de destino.

Variáveis predefinidas do Uptivity

Nome da variável Descrição
_customFilter

O valor para esta variável é usado como filtro ACD Gate no NICE Uptivity.

_user1 - _user 8

O valor dessas variáveis é utilizado para preencher os campos de Usuários 1 a 8 no NICE Uptivity.

User9

Embora User9 não seja tecnicamente uma variável, ela obtém seu valor da conta de usuário do agente, especificamente do valor nas propriedades Personalizadas 1 e preenche o campo User 9 no NICE Uptivity.

User10 Embora User10 não seja tecnicamente uma variável, ela obtém seu valor da conta de usuário do agente, especificamente o valor nas propriedades Personalizadas 2 e preenche o campo User 10 no NICE Uptivity.
_surveyDNIS

Esse valor é um ID exclusivo criado pelo usuário que é atribuído quando você cria uma NICE Uptivity pesquisa e é usado para determinar qual pesquisa deve ser executada durante o retorno de chamadaFechado Mantém o lugar de um cliente na fila e chama automaticamente o cliente quando ele se move para a frente da fila..

_surveyCallbackDNIS

Este valor é o número que será usado no retorno de chamada da pesquisa. Essa variável deve ser usada apenas com uma pesquisa NICE Uptivity.

_surveyCallbackANI

Este valor é o ID do chamador que será exibido durante o retorno de chamada usado para a pesquisa. Essa variável deve ser usada apenas com uma pesquisa NICE Uptivity.